quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Vôo

Ah nobre pássaro
Como eu queria dizer como são belas suas asas
Como teu vôo me seduz
Que passo meus dias a seguir sua silueta
Tua sombra a valsar junto às ondas de areia
Como é bela tua forma no céu
Mas esqueço que seu ataque é impiedoso e mortal
E que tuas garras me procuram
Porem não para me amar