quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Foi Você

Sombra que me aflige
Chuver que num cessa
Não vejo mais tua face em meus sonhos
Nem ouço sua voz em meus ouvidos
Maldita e eterna solidão
Foi teu beijo
Fui tua fome
Foi seu caminhar na minha noite
Teu gosto a me viciar
Teu desejo a me marcar
E meus sonhos a te perseguir
Uma dor eterna e maior em te esquecer