quinta-feira, 26 de novembro de 2009

O repousar

Meus olhos já pesam
O corpo mole a se apoiar na arvore
A tua cabeça a repousar em meu peito
Meu coração a disparar calmamente
O teu suspirar a inspirar o meu.
O sol a se por e o manto da noite a nos abençoar
Entra as arvores do parque, sobre a nuvens do céu
Eu e ti ali sentados.