sábado, 28 de novembro de 2009

Mais uma dor

Há como me dói ver você tão bela assim
Me dói te ter tão longe
Me dói não ser capaz de te dar o mundo

Mas não desistirei, o mundo ainda vai ser seu
E você estará de novo perto de mim
Assim rezo.