sexta-feira, 27 de novembro de 2009

A Mente E As Lembranças

Sou filho de suas lembranças
Deles são as imagens da minha criação
Da criação de minha vida

No fraquejar de minha mente
Elas me tomam novamente para me torturar
Inundam minha mente e minhas vistas, apertão meu coração!!!

Me torno vazio de força
E cheio de saudades de ti
A relembrar o passado do amor incondicional

E a lembrar que tal amor ainda não se foi
Ele me preenche eternamente só esperando
Esperando minha mente fraquejar ou você voltar para toma-lo novamente

Então minha mente acorda novamente quando fecho meus olhos
Ela remói os ciúmes, e depois o destrói.
Ela leva as saudades e deixa os bons tempos

Ela me engana com um fim sem fim
E assim eu vivo uma relação eterna que terminou
Penso em te encontra no infinito do tempo para assim por viver

Viver e ainda esperar por você até o fim da eternidade