terça-feira, 3 de novembro de 2009

Meu canto

Demônio eu quero as minhas asas de volta
Quero meus óculos e minha espada
Quero meu canto para assistir o por do sol
E um dia vou querer novamente uma pessoa  para assisti-lo comigo