sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Razões

Ao calor da pele da donzela
Ao jubilo do seio da amante
A força dos filhos gerados
A gloria de numeroso descendentes

A saudade do amor perdido
A alegria da nova paixão
Os sonhos reconstruidos
Os dias de tranquilidade

Cada dia nos braços da lembrança
Cada dias entre novos lençois
Um novo sonho e novas esperanças
Um novo coração a ser arrancado

O silencio dedico a mim
O sangue é honra de meus pais
O suor é para o futuro
e o coração é para alimentar a donzela