sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Em meios

As unhas se prendiam em sua pele
os lábios deslizavam sobre os seus
os dentes rompiam a carne em sangue
a língua a provar seu suor

Os braços a apertar um contra o outro
Os seios hora entre o peito hora entre os dentes
As pernas a laçarem e entrelaçarem
O suor a temperar os beijos

O doce gemido a substituir as palavras
O ar quente a envolver os corpos
A força em função do sentimento
O Sentimento em função do prazer

O Sangue misturado ao suor
O amor em meio a luxuria
E você e eu sob os lençóis