domingo, 26 de setembro de 2010

Um corpo

O chão queima sob meus pé
O sangue ferve em lagrimas
Mas meu corpo não se move
Minha mente não se move
Meus sonhos são negros
Só o sangue continua a correr
As laminhas q me atravessam
Atravessam apenas um corpo vazio
Tudo já se foi, tudo acabou
Nada mais restou aqui
Alem de um corpo
onde só o sangue continua correndo