domingo, 18 de abril de 2010

Juventude

Rubra ainda é a grama sobre meus pés
Aterradora sobra sobre minha cabeça
O vento me sopra teu nome
Você vem dos morros do sul
Tua grama é verde e tua sobra aconchegadora
Mas você passa ao longe
Porem meu corpo não tem força para segui-la
Es linda e leve como uma brisa
Corta e machuca, mas leva suas proprias feridas
Es bela e unica assim é a juventude