sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Sangue e lembanças

Parti hoje minha mente
entre alegrias e tristesas
Presenças e saudades
Ataquei paredes e rochas
Sinto meus dedos macerados
O sangue a escorrer em minha testa
tudo isso para para de sentir essa dor
ao hoje quando todos estão felizes por mim
parar de sentir essa dor que doi na alma
Sinto a dor do corpo para esquece-la
sangue e punhos
e mais lembanças