quinta-feira, 29 de outubro de 2009

sentimenstos e ilusões

Você se diz sem sentimentos
Eu meu vejo sem coração
Dois iludidos, talvez com medo de se ferirem novamente
Mas mesmo assim firmes em suas ilusões

Você não ser fere, apenas feri os outros
Eu não firo apenas, eu tento aguentar os baque dos ferimentos
as vezes é bom sentir humano
Gostaria de uma nava ferida para mostra que sobrevivi a ultima

Eu quero que você me fira e veja
Que o sangue não escorre mais de mim
E que suas mãos sangram em vez de mim
O quando humanos somos e nos iludimos do contrario